sábado, 5 de agosto de 2006

Quando me amei...

"...Quando me amei de verdade, percebi que a minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando eu a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada. Tudo isso é.... saber viver! A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade."
(C.Drummond de Andrade)

Na vida existem fases... estranhas, boas, muito boas, totalmente estranhas... e mil outras mais... que dependem é claro do nosso estado de espírito, do nosso amor próprio, da nossa motivação... eu estou numa dessas fases em que tudo e nada acontecem simultaneamente... faço tudo e não tenho nada, lugar nem ninguém... nossa.... confuso? Mas é isso.... ahhh... e posso assegurar que apesar desses equívocos, estou bem.... muito bem.... porque a vida é mais mesmo! bjo a todos!!!

Nenhum comentário: