terça-feira, 5 de setembro de 2006

Ana e o mar...




Ana e o Mar
O Teatro Mágico -
Fernando Anitelli
Veio de manha molhar os pés na primeira onda
Abriu os braços devagar... e se entregou ao vento
O sol veio avisar... que de noite ele seria a lua,
Pra poder iluminar...


Ana, o céu e o mar Sol e vento, dia de casamento
Vento e sol, luz apagada num farol
Sol e chuva, casamento de viúva
Chuva e sol, casamento de espanhol
Ana aproveitava os carinhos do mundo
Os quatro elementos de tudo
Deitada diante do mar
Que apaixonado entregava as conchas mais belas
Tesouros de barcos e velas
Que o tempo não deixou voltar
Onde já se viu o mar apaixonado por uma menina?
Quem já conseguiu dominar o amor?
Por que é que o mar não se apaixona por uma lagoa
Porque a gente nunca sabe de quem vai gostar

Ana e o mar... mar e Ana
Historias que nos contam na cama
Antes da gente dormir
Ana e o mar... mar e ana
Todo sopro que apaga uma chama
Reacende o que for pra ficar

Quando Ana entra n'água
O sorriso do mar drugada se estende pro resto do mundo
Abençoando ondas cada vez mais altas
Barcos com suas rotas e as conchas que vem avisar desse novo amor...
Ana e o mar
Diou... obrigada por emprestar o DVD do Teatro Mágico... pra quem não assistiu ou não conhece esse grupo, vale muito a pena!!! beijos e até...

Um comentário:

Ana disse...

Porque a gente nunca sabe de quem vai gostar. tEATRo mágico foi uma das melhores bandas que conheci... como jah disse necessito d doses diarias para viver bem... Nos ultimos dias estou ouvindo muito CUIDA DE MIM... tem sempre uma q fica na cabeça... semana passada era o ANJO MAIS VELHO, aquela da frase do seu msn... O Dalben aqui precisa de música para viver bem... Adorei o post, ficou muito bacana, a foto até parece com a pretinha mãe do marviko... rsrsrsr, Bjão guria... fique com Deus... e avisa a manis q vou escrever uma cantiga pra ela, pode ser uma cantiga de roda??? rs

PACTOCOMBACO | Homepage