domingo, 27 de janeiro de 2008

Foticos...

Um pouco da bagunça de ontem... pena que não tem todo mundo nas fotos... quer dizer, no horário dessas fotos já não tinha quase ninguém!!! rs... e o papo tava daqueles... rs...

Amo tantoo.... faltou a Mary...

Só conversa fiada... e a Marinão virou piada!

Quando junta só sai bobagem... obrigada pela presença de vocês aqui comigo... diretamente de Cidade Sanduiche para River...
Meninas...

sábado, 26 de janeiro de 2008

E a festa???

E vai ter festa?

É a primeira pergunta que as pessoas fazem quando chega o seu aniversário. E você acaba fazendo alguma coisinha só pra data não passar em branco. Nem sempre a festa fica como você queria. E as vezes você nem quer fazer festa.

Faça diferente esse ano (e eu fiz).

Tenha um aniversário lado B. Fique a vontade para fazer tudo o que gosta. Compre presentes para você mesmo, viaje, chame todos os amigos ou fique em casa de pijama. Escolha sua comida preferida, suas bebidas. Não convide ninguém só por educação. Só toque aquelas músicas que você curte, mas ninguém sabe. Use as roupas que você adora mesmo que elas não estejam mais na moda. Coloque os enfeites mais divertidos. Ou nenhum enfeite. Não faça nada, ou faça tudo. Mas faça desse dia um dia autêntico, como você! E foi isso que eu fiz... reuni os amigos e me diverti muito... alguns vieram de longe, outros não vieram e alguns apareceram de surpresa e eu amei tudo e todos! A presença de quem a gente ama realmente importa mais do que presentes ou qualquer outra coisa... o sentimento que existe e a importância da presença são os melhores presentes!

Obrigada por quem veio!

Amei... beijos a todos e obrigada pelos parabéns... 25 anos.... caraca!!!

domingo, 20 de janeiro de 2008

Adeus cidade sanduiche...

No domingo passado vim com as minhas últimas coisas de Bauru para Rio Claro... tentamos colocar tudo no carro (detalhe, não conseguimos! rs...) e voltamos para cá... essa volta foi muito triste... triste por eu ter feito muitos ótimos amigos, e não saber quando os verei novamente, triste porque em bauru tive momentos muito felizes (e tem gente que sabe do que eu estou falando! rs...) e de uma maneira ou de outra, sair de lá é romper com esse passado bacana, pra construir um futuro... com novos amigos e novas oportunidades... não que isso não me seja atraente porque é... mas dá e deu um nó no peito ao sair da cidade Sanduíche... como se eu não pudesse mais ver nem voltar para lá... mas eu sei que não é assim... mas dói como se fosse...

Foi então que vim aos prantos dentro do carro, voltando de bauru... chorando como uma criança que não quer ir embora de um lugar onde estava brincando... ai, encontrei essa frase que sintetiza esse meu momento... ..."Sou uma mulher madura, que às vezes brinca de balanço, sou uma criança insegura, que às vezes anda de salto alto." (Clarice Lispector)

As vezes sou forte, enfrento as coisas, brigo, berro, faço acontecer e venço... outras vezes choro por coisas simples e meus olhos se enchem de lágrima por situações pequenas...

sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Adeus Maria José...

Estamos desmontando a nossa casinha na Maria José... nos despedindo das bagunças que aprontamos nessa casa e que nos fizeram muito amigas... mas muito de verdade.... tá tudo meio triste... apesar de tentarmos ao máximo nos divertir com a pintura da casa, por exemplo, que nós mesmas fizemos... mas... vamos ver o que vai dar... ano novo, vida nova e coisas novas... inclusive oportunidades...

Algumas boas histórias aconteceram na desmontagem, como por exemplo, compramos uma tinta tão vagabunda, mas tão vagabunda que precisamos dar umas 5 demãos de tinta nas paredes... tirando é claro a parede do meu quarto que era vermelha, e que a gente deve ter passado umas 12 vezes... rs... no mínimo! =)

Era uma casa muito engraçada, não tinha, teto não tinha nada....


Pra quem não conhecia ela era assim... detalhe do poste bem no meio das duas garagens... rs... colocar o carro parecia fácil... com uma dose de álcool ficava mais fácil ainda! rs...


Nossa cozinha... detalhe da sacola da cadeira... reciclávamos lixo... a sacolinha da cadeira vivia bombando de coisas... ahhh... aquela caixa de pizza fazia uma semana que estava ali... rs...
Salinhaaa... lugar de dar risadas, ver revistas, pintar as unhas (os nossos esmaltes ficavam na cestinha embaixo da tv, e as revistas também!) e curtir a brisa do vizinho! rs....

Meu quarto... com o ventilador da Mary, com fotos de amigos inesquecíveis, com um puff danado de bom e com algumas histórias pra contar!


Meus amores...
Ehhh saudade que bate no meu coração...