terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Metas do ano... você tem?

Ainda não escrevi as minhas metas pessoais do ano, mas penso que se quisermos ser melhores, temos que dar uma puxada nas metas, e trabalhar duro para que tenhamos resultados positivos no final do ano. E as metas tem que estar relacionadas com todas as nossas áreas: físicas, espirituais, emocionais, profissionais e pessoais. Imagina só... você conquista uma melhor condição física e continua sendo um babaca. Adianta o que? NADA NÉ? rs...

Enfim... para mim, não é nada fácil criar essas metas, mas para alcançá-las com mais sucesso, ai vai duas dicas, que eu uso sempre:

1) Reveja sempre as suas metas:  De que adianta escrevê-las no começo do ano, ter 20 metas e depois do carnaval não lembrar nem da terceira? Você tem que vê-las sempre, elas tem que estar na cabeça para que assim, você consiga conquistá-las... uma a uma...Lembre-se: você tem o ano todo, então, não é tão difícil né? Prazo tem... só que tem que ter vontade também! 

2) Tenha metas de diferentes dificuldades: não dá pra ter apenas metas impossíveis. Tem que ter as fáceis, as de dificuldades médias, e as difíceis. Tem que rolar aquele prazer de: "puxa vida, consegui!" e isso só vai rolar mais tranquilamente se algumas forem fáceis: e ai, conquistando as fáceis a gente vai se empolgando para as mais difíceis, e ai é sucesso total! Achei dois exemplos de metas no google imagem. Dá uma olhada ai e veja se você precisa acrescentar algo a mais nas suas!

Eu quero acrescentar na minha: Assistir menos televisão... e isso me leva a fazer mais de algo que eu goste!



quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Affff... de novo!

ABANDONO GERAL de novo! Eu sei...
Não gosto disso... lembro todo dia desse blog e de a quanto tempo não escrevo! Em uma das minhas metas do ano está: Voltar a escrever com regularidade no meu blog! Seja para um simples registro pessoal ou para alguém ler sim... sei lá! Mas eu estou um relaxo... eu sei...

Bom, minha virada de ano foi normal como sempre com a família. Mas se para mim não existe algo tão importante quanto a  família, o meu final de ano foi dentro do esperado e junto com as pessoas que eu amo.E isso já é sensacional...