quinta-feira, 21 de julho de 2011

Câncer de Mama no Brasil: CUIDE-SE!

Na semana passada o Jornal Nacional apresentou uma série de reportagens sobre o “Câncer de Mama” no Brasil, e eu fiquei assustada com os dados apresentados! Uma pesquisa realizada em quatro capitais estaduais chegou a uma conclusão que no Brasil, todo ano a doença atinge mais de 49 mil mulheres e mata cerca de 10 mil. Ainda são muitas as mulheres que desconhecem a importância do exame que pode detectar o câncer de mama logo no início e se a doença é descoberta no início, as chances de cura são de 95%.

“O dado mais grave é que a mortalidade continua subindo. Nós precisamos então trabalhar pela mamografia mais acessível a todas as mulheres com mais de 40 anos, com qualidade, e diminuir o tempo entre a primeira consulta e o diagnóstico”, disse a mastologista Mayra Kaleffi.

Mais do que a dor, o que assusta é a falta de informação sobre o câncer que mais mata mulheres no Brasil. O diagnóstico precoce é o maior amigo da mulher, quando se fala em câncer de mama. O problema é que uma série de mitos sobre fatores de risco atrapalham o diagnóstico e acabam prejudicando o tratamento.
A crença de que desodorante provoca a doença é uma das mais comuns. O Instituto do Câncer de São Paulo (ICESP) fez um levantamento de outros mitos: mulheres acreditam que parar de tomar leite cura a doença e que as próteses de silicone aumentam o risco de desenvolver tumores. “Nenhum deles foi comprovado e não tem muito fundamento”, aponta o mastologista José Roberto Filassi, do ICESP. O fato que é comprovado mesmo, é que, se alguém na sua família já teve, é ainda mais importante ficar atenta aos exames preventivos. O histórico familiar é fator de risco.

Veja outras verdades:
- As chances são maiores quando a primeira menstruação vem antes dos 11 anos ou a menopausa, depois dos 50;
- O consumo de álcool e o tabagismo também estão associados do câncer de mama;


O que toda mulher deve fazer é o auto-exame e caso você ainda não tenha idade para a Mamografia, não custa nada de vez em quando "apertar as peitcholas" para ver se tudo está normal.
Cobre essa atitude das mulheres que estão à sua volta e “exija” que elas compareçam sempre ao médico. PRECAUÇÃO NUNCA É DEMAIS e pode custar a sua vida! Você ta afim de pagar por isso? Eu não, meu bem! 

Tenho muito ainda á viver, à aproveitar e a conhecer...



Fonte das informações: http://jornalnacional.globo.com

3 comentários:

Anna disse...

É mesmo importante ficarmos ligadas e informadas sobre esse assunto!
Bjoo

Ana disse...

Afinal de contas, informação nunca é demais!!!

=)

bjss

mãe disse...

Isso aí, filha, vamos incentivar as mulheres a se cuidarem para termos uma qualidade de vida melhor. Beijos,