terça-feira, 5 de julho de 2011

E essa tal de TPM...

Em alguns meses eu sofro com uma tal de TPM... que pra alguns é pura frescura, principalmente para os homens, mas só quem sente tudo isso de verdade, sabe que a vida vira de cabeças para o ar, que chocolate vira questão de sobrevivência e que irritação é um apelido carinhoso para a raiva que se sente!!! Rs... Assim, resolvi tirar algumas dúvidas dos curiosos de plantão, sobre esse assunto polêmico, e aprender um pouquinho mais sobre o que me aflige! rs... 
  
Mas afinal, o que é TPM???
Também conhecida por TPM, é um conjunto de sintomas físicos e comportamentais que ocorrem na segunda metade do ciclo menstrual podendo ser tão severos que interfiram significativamente na vida da mulher. A TPM é uma desordem neuropsicoendócrina com sintomas que afetam a mulher na esfera biológica, psicológica e social.
A tendência hoje é acreditar que a função fisiológica do ovário seja o gatilho que dispara os sintomas da síndrome alterando a atividade da serotonina (neurotransmissor) em nível de sistema nervoso central.
Mas, nem todo o mau humor é culpa do ciclo. Para descobrir, se aconselha que a mulher anote, durante dois meses, todos os sintomas e a intensidade deles nos 15 dias que antecedem a menstruação. Se eles desaparecerem junto ou logo depois que a menstruação descer, é TPM. Se não, são problemas que nada têm a ver com o ciclo menstrual!!! Pode ser loucura total...rs...

Os sintomas mais comuns incluem:
Irritabilidade (nervosismo),
Ansiedade (alteração do humor com sentimentos de hostilidade e raiva),
Depressão (com sensação de desvalia, distúrbio do sono, dificuldade de concentração)
Cefaléia (dor de cabeça),
Mastalgia (dor ou aumento da sensibilidade das mamas),
Retenção de líquidos (inchaço ou dor nas pernas, ganho de peso),
Cansaço,
Desejos por alguns alimentos como chocolates, doces e comidas salgadas
Choro fácil,
Baixa produtividade e falta de coordenação,

ps: Nem vou falar quais são os meus sintomas! rs...

Qual a sua causa?
De causa desconhecida, apesar das inúmeras teorias para explicá-la, é o modelo típico de doença psicossomática, surgida a partir das modificações dos hábitos menstruais neste século. Pode estar relacionada às alterações bioquímicas nos níveis dos hormônios sexuais: estrogênio, progesterona, hábitos alimentares, estilo de vida ou stress.

Principais tipos de TPM...

Hoje em dia são conhecidos e descritos quatro tipos principais de TPM:
Tipo A – a ansiedade e suas conseqüências, são as características principais.
Tipo C – há predominância da compulsão alimentar irresistível, principalmente por doces e chocolate.
Tipo D – há predominância de sintomas depressivos, nos quinze dias que antecedem a vinda da menstruação.
Tipo H – ocorrência, principalmente, de inchaço nos seios (deixando as mamas extremamente dolorosas), distúrbio do sistema nervoso central causando dores de cabeça, gazes no abdomen e dores musculares nas pernas.

Como minimizar a TPM?
Auto percepção, auto-conhecimento e ajuda mútua são pontos básicos para se resolver os conflitos gerados pela TPM trazendo melhora significativa na qualidade da vida pessoal, profissional, familiar e social.

Medidas preventivas são igualmente importantes e incluem:
Orientação: explicar que a TPM não é grave e que os sintomas podem variar a cada ciclo,
Modificações alimentares com diminuição da gordura, sal, açúcar e cafeína (café, chá, bebidas a base de colas),
Fracionamento das refeições,
Dieta com boas fontes de cálcio (leite e iogurte desnatado) e magnésio (espinafre), diminuição da ingestão de álcool,
Parar de fumar,
Fazer exercícios regulares (aeróbicos: 20 minutos 3 vezes por semana),
Manejar o estresse,

Movimentos de yôga podem ajudar a amenizar a TPM, atuando como relaxantes em dias de fúria ou estimulantes quando o problema é a sensação de moleza. Para os dois casos, a professora Maria Renée Janikian, da Fórmula Academia, sugere a sequência de 12 posturas da Yoga. Para estimular execute cada postura na sequência, sem tempo de permanência em nenhuma delas; a ênfase é colocada na inspiração



Informações tiradas dos sites:


Espero que essas informações te ajudem! E espero também lembrar de cada movimento desse em um dos meus dias de fúria...rs...


E você?
Sofre disso?

3 comentários:

Clau disse...

Ai eu odeio homens que acham que TPM é frescura, dá ainda mais raivaaa, ahaha! Eu na Tpm fico louuucaaa por um chocolate e perco toda a calma oriental, rs.
Bjossss!

Anna disse...

Eu acho que tenho TPM toda semana hehe...
Mto legal e informativo o post, prima :]
Bjãoo

Ana disse...

Clau!!!
Como assim você perde a calma oriental milenar????? rssss... INCRÍVEL!!!! Eu fico doida por chocolates também... esses dias eu comi tanto que fiquei com o estômago melado...rs...

E prima!
Toda a semana? Se eu tivesse tanta raiva toda a semana eu não teria amigos...rs...

bjs girls...